terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Julgamentos


E de repente, 
O habitat natural
As referências 
O porto seguro
Se tornaram  avessos e tóxicos

Estar ali
É um desafio
Não julgar
Não opinar 
Não lamentar
Não absorver

Mais uma vez falhei, 
Julguei razões, sentimentos e vontades alheias
Opinei soluções
Lamentei e não auxiliei
Absorvi tudo aquilo que fujo 

E de nada isso serviu
A vida segue seu percurso
Assim como deve ser
E nada que eu pense 
Nada que eu sinta 
Mudará esse percurso



segunda-feira, 30 de novembro de 2015

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Eu, caçador de mim


Longe se vai sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir o que me faz sentir
Eu, caçador de mim
Sérgio Magrão

Reativar esse espaço é uma forma quase inconsciente ou consequente, não sei, de voltar o olhar para dentro de mim novamente. O que fiz nesse período? Não sei, sei apenas que me afastei de tudo o que acalentava a alma e hoje as palavras e poesias também se afastaram de mim.

sábado, 10 de setembro de 2011

Saudade...


"Sinto saudades de quem não me despedi direito, das coisas que deixei passar, de quem não tive

mas quis muito ter."

Clarice Lispector



quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Saudade...


Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.

William Shakespeare

terça-feira, 17 de maio de 2011


"Quem será que pode me vender um pouco de prazer pra aguentar a vida sem brincar com a morte?" Artifício Mágico - Luxúria

terça-feira, 3 de maio de 2011

Florbelando


"O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… sei lá de quê!"



"E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!"

"Estou cansada, cada vez mais incompreendida e insatisfeita comigo, com a vida e com os outros. Diz-me, porque não nasci igual aos outros, sem dúvidas, sem desejos de impossível? E é isso que me traz sempre desvairada, incompatível com a vida que toda a gente vive"

terça-feira, 12 de abril de 2011

Sossego


"Verifico que, tantas vezes alegre, tantas vezes contente, estou sempre triste.

Não há sossego - e, ai de mim!, nem sequer há desejo de o ter. "

Fernando Pessoa

quinta-feira, 31 de março de 2011

Memórias tão reais


"Se fosse só sentir saudade
Mas tem sempre algo mais
Seja como for
É uma dor que dói no peito
Pode rir agora
Que estou sozinho
Mas não venha me roubar...

...Senti teu coração perfeito
Batendo à toa e isso dói
Seja como for
É uma dor que dói no peito
Pode rir agora
Que estou sozinho
Mas não venha me roubar...

...Quando as estrelas
Começarem a cair
Me diz, me diz
Pr'onde é
Que a gente vai fugir?"

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Aquarela...



"...E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença
Muda a nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar..."