sexta-feira, 13 de abril de 2018

Sobre sonhar e desejar



Te encontro em meus sonhos
Nos melhores e mais quentes já sonhados
 É tudo tão real
Seu cheiro 
Sua voz
Seu gosto
Seu gozo


Aí a noite termina
O sol nasce
Os olhos se abrem 
E aquele sonho acaba


Mas o desejo é teimoso
Ele permanece aqui 
Escondido na alma covarde
E nesse corpo carente

Sigo te desejando!














sexta-feira, 6 de abril de 2018

Desejos Vãos



“O desejo de conhecer sua própria alma encerrará todos os outros desejos” 
 Rumi







sábado, 24 de março de 2018

...


Imagem relacionada

"Eu ainda estou aqui
Perdido em mil versões
Irreais de mim
Estou aqui por trás de todo o caos
Em que a vida se fez...

...Eu que tanto me perdi
Em sãs desilusões ideais de mim
Não me esqueci
De quem eu sou
E o quanto devo a você."

Parabéns!


O tempo não perdoa
 E o relógio não espera
O dia passa como em um piscar
A semana como um suspiro
O mês em um cochilo
E o ano como uma noite de insônia
Uma década? 
Uma década passou enquanto esperei a coragem brotar.

E ela não brotou, 
Enviou sua fiel e forte representante
E assim seguimos
Comemorando os nossos belos anos de covardia 
Com sucesso, por sinal!

Resultado de imagem para bolo de aniversário

sábado, 17 de março de 2018

E se ninguém pudesse me ver?








Resultado de imagem para OLHARES

"O que você faz quando
Ninguém te vê fazendo
Ou o que você queria fazer
Se ninguém pudesse te ver"





terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Julgamentos


E de repente, 
O habitat natural
As referências 
O porto seguro
Se tornaram  avessos e tóxicos

Estar ali
É um desafio
Não julgar
Não opinar 
Não lamentar
Não absorver

Mais uma vez falhei, 
Julguei razões, sentimentos e vontades alheias
Opinei soluções
Lamentei e não auxiliei
Absorvi tudo aquilo que fujo 

E de nada isso serviu
A vida segue seu percurso
Assim como deve ser
E nada que eu pense 
Nada que eu sinta 
Mudará esse percurso



segunda-feira, 30 de novembro de 2015

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Eu, caçador de mim


Longe se vai sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir o que me faz sentir
Eu, caçador de mim
Sérgio Magrão

Reativar esse espaço é uma forma quase inconsciente ou consequente, não sei, de voltar o olhar para dentro de mim novamente. O que fiz nesse período? Não sei, sei apenas que me afastei de tudo o que acalentava a alma e hoje as palavras e poesias também se afastaram de mim.

sábado, 10 de setembro de 2011

Saudade...


"Sinto saudades de quem não me despedi direito, das coisas que deixei passar, de quem não tive

mas quis muito ter."

Clarice Lispector